quinta-feira, 19 de março de 2015

Para quem não sabe nada, mas mesmo nada, de cozinha ...

Apresento o Bacalhau de Noiva!

A receita original faz parte do Livro de Pantagruel, porém esta não é a original ... é como eu faço, inspirada na original.

Aliás, o título Bacalhau de Noiva, no que à minha experiência diz respeito, não é absolutamente nada auspicioso ... que eu , noiva e cozinheira era, no mínimo, um desastre!
Deve ter sido por temer o pior que o então noivo, como quem não quer nada, me ofereceu o Livro de Pantagruel!

Li-o com a devoção de quem lê um livro santo, com respeito, com humildade e profunda veneração, o que não evitou calamitosos jantares.

Enfim, tudo se aprende. Tudo! Apenas é necessário querer e, sem falsa modéstia, chamo a atenção para as minhas perfomances culinárias. Olaré!!!!

Vamos, pois ao bacalhauzito!
Este, peixe excelente, graúdo, de suculentos lombos que mantenho congelado, pronto a ser utilizado.

Precisamos:

2 postas de bacalhau

... que serão cozidas, sem sal!
 Enquanto isso ...


Descascamos 4 cebolas que ...

... cortamos em rodelas finas, enquanto enxugamos as lágrimas!
 Entretanto,o bacalhau cozeu!


Melhor deixar que arrefeça completamente para não escaldar os dedos.
É esquecê-lo!

Guardamos a água da cozedura. Vai ser necessária.
 E passemos às cebolas!

Regam-se abundantemente - sem somitiquices ... - com azeite e vai refogar muito lentamente, que, as pressas estragam tudo.

Quando começar a fritar, ameaçando ganhar cor, junta-se um pouquinho da água em que cozeu o bacalhau, o qual ...

... entretanto, arrefeceu e ...

... foi reduzido a suculentas lascas.
Atenção às espinhas!
Não há nada mais desagradável do que, avançar afoito sobre o prato perfumado e ser atacado por uma espinha!
 Neste ponto, o bacalhau está preparado e resta-lhe esperar.

As cebolas também!
Vamos tratar delas!

Precisamos de Maizena que nada, nenhuma outra farinha, proporciona molhos mais aveludados.

1 colher de sopa bem cheia, choverá sobre as cebolas.

Mexemos bem ...

... até a farinha ser incorporada.
 Agora, juntamos aos poucos, sem parar de mexer, 2,5 dl de leite + 2, 5 dl da água em que o bacalhau cozeu.


Acrescenta-se 1 colher de sobremesa de Becel.
Tempera-se com pimenta e sumo de limão.
Não, não é preciso sal. O bacalhau contem o suficiente.
 Vamos terminar:


Dispondo o bacalhau numa travessa que possa ir ao forno e à mesa e ...

... por cima, despejamos o molho de cebola.
 Para garantir um gratinado apetecível, polvilha.se a superfície com pão ralado, ou queijo.


Vai ao forno, a 180 graus, cerca de 1 hora.
Que é onde está o meu. Por isso não o apresento pronto.
Serve-se acompanhado com puré de batata!

É bom, muito bom, até para quem (pensa que ...) não gosta de bacalhau.

Bom jantar.

Beijo
Nina

19 comentários:

  1. Nina querida,
    Que delícia! Uma receita sem mistério algum, basta paciência e amor. Pronto! Ainda não experimentei desse modo e já vai para minha coleção de receitas.
    Notei que não dessalgou o peixe... É assim mesmo?
    Sei que há quem não goste de peixes - fazer o quê! - Eu gosto e muito,especialmente do bacalhau, ah, o bacalhau... No Brasil é excessivamente caro e pior: vende-se muito gato por lebre. É preciso estar bem atenta na hora de comprar.
    Bom apetite!
    Beijinhos
    Ju

    ResponderEliminar
  2. Boa noite Nina, que prato fabuloso!
    Confesso que nunca fiz, mas será a minha próxima aposta, porque aqui coabita alguém que só aprecia bacalhau "disfarçado"!
    A forma simples, mas tão precisa como explica a receita penso que não deixará ficar mal nenhuma cozinheira, nem mesmo quem como eu apenas cozinha o trivial;))!
    Outro aspecto de que gosto na receita são os ingredientes saudáveis que a compõem.
    Muito obrigada, Nina!
    Tenha um serão muito feliz!
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar
  3. Não conhecia esta receita. Obrigada.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. O aspecto do prato pronto parece muito bom!
    Eu ri com a história que você contou sobre a experiência de noiva e cozinheira! Estou mais ou menos nessa fase... evoluindo aos poucos... hahah
    Beijo

    ResponderEliminar
  5. ME ENCANTA EL BACALAO...YO LO PONGO CON UNA SALSA DE TOMATE...Y CON LO QUE QUEDA FRIO PAPAS COMO PARA TORTILLA AÑGO ARVEJAS Y HUEVOS LO MEZCLO BIEN Y AL HORNO.
    ESTA DIVINO.
    EA RECETA NO LA CONOCIA.
    SIEMPRE QUE PASAMOS A PORTUGAL MI MARICO COMOE BACALAO.
    LO HACEN RIQUISISMO!!!
    SALUDITOS

    ResponderEliminar
  6. For people who like to eat the fish it is very good! I do not eat fish!
    Kisses and great weekend
    Crissi

    ResponderEliminar
  7. Não consegui ainda, gostar de bacalhau.
    Acho que não tem mais tempo para gostar.
    Nunca comprei aqui para casa.
    Mas, parece que os bacalhaus daqui não tem esse aspecto carnudo que vejo no seu.

    ResponderEliminar
  8. Oi Nina!!! Já estou com intimidade rsrsrs
    Obrigada por vc ter me encontrado e já somos amigas, tá?
    Adoro o blog da Rosangela e sempre vou lá me inspirar.
    Já moro aqui em Bayern ha 5 anos e adoro td aqui é realmente belissimo.
    Tenho planos para conhecer Portugal, quem sabe no proximo ano ?? quem sabe nos conhecemos pessoalmente, vou adorar!
    Olha seu blog me enche de fome com coisas gostosas rsrsr
    Adorei e virei aqui sempre para adquirir um pouquinho de conhecimento para cozinhar, pois confesso que engano bem rsrs.
    Seu blog é bem diversificado e vou aprender muito por aqui.
    Bjus querida!

    ResponderEliminar
  9. Por acá, el bacalao es escaso y caro, pero tenemos otras opciones de pescado salado.

    ResponderEliminar
  10. Adoro o seu jeito de escrever! Até a receita tem graça! Li alguns posts que me fizeram refletir e sorrir! É sempre delicioso encontrar quem faz um belo uso do poder das palavras!
    Bom fim de semana!
    Rosa
    Le Paquet

    ResponderEliminar
  11. Visando que neste momento em que acabei de ler é hora do almoço aqui, chego a conclusão que não foi boa ideia ler sobre tão suculento prato, que acabo de guardar a receita para fazer na sexta feira santa próxima onde o bacalhau nos é um prato muto saboreado na ocasião!...obrigada por compartilhar faço um ''semelhante'' com salmão, vou postar no meu quando fizer. bjucas linda!

    ResponderEliminar
  12. Mas que belo aspeto, tenho de experimentar ;)

    ResponderEliminar
  13. Aspecto ótimo esse seu prato. A sua receita, simples como gosto.
    O melhor bacalhau que já comi, foi em Cascais.
    Aqui, pouco compro.
    Bjs, Nina.

    ResponderEliminar
  14. Oi, Nina!
    Como toda boa descendente de portugueses, amo bacalhau!
    Não conhecia a sua receita, muito fácil e rápida de fazer.
    Parece realmente delicioso. A apresentação, também é ótima.
    Levo comigo a receitinha.
    Semana Santa chegando, receitinha na manga!
    Beijos

    ResponderEliminar
  15. Ai Nina, eu sou apaixonada por bacalhau, esta receita já está copiada, rsrsrs beijosss!!!

    ResponderEliminar
  16. Nina...nunca fiz mas um dia destes experimento!!!
    Bj amigo

    ResponderEliminar
  17. Gosto tanto de bacalhau! E este tem um aspeto bem suculento, deve ter ficado uma maravilha!
    Mais uma receita a reter e a fazer, obrigada fada das cozinheiras! lol

    ResponderEliminar
  18. fiquei cheia das fomes só de ver as imagens..rs.. e em casa tbem não há desperdicio.. nada se perde.. tudo se transforma..rs. bjokas lindeza e sucesso sempre

    ResponderEliminar