domingo, 18 de junho de 2017

Do fim de semana



Este, o último fim de semana, foi passado em Inglaterra, na companhia dos meus amores.

Escusado será dizer que foi fantástico, fabuloso, maravilhoso ... e que voou!
Passou demasiado depressa como sempre acontece com os momentos muito bons.

A ajudar, lá, naquela ilha dada às chuvas, aos frios e aos nevoeiros, o tempo esteve excelente, quente mesmo, com um esplendoroso céu azul.

A estadia resumiu-se, em 95% da sua extensão a ficar em casa.
Nos restantes 5%, saídas curtas e rápidas - para um café, para uma compra, para pouco mais.

Ainda em casa, da janela do meu quarto, esta a paisagem/ o quadro/ a pintura:




 É lindo, não é?

Muito verde, céu azul, casinhas tipicamente inglesas, silêncio, canto dos pássaros e esquilos correndo livremente.
Uma espécie de paraíso, portanto.

No centro da vila, lojinhas tradicionais, pubs e cafés:










Não é por ser um espaço público que os cuidados com a decoração são esquecidos.
Nem pensar!
Há pinturas e espelhos nas paredes, plantas, louça escolhida e uma varanda aberta para os adoradores do sol.

Gosto muito mais destas comunidades pequeninas do que das grandes cidades onde me sinto engolida pela multidão.



Depois, implacavelmente, o relógio forçou-nos a seguir para o aeroporto.
Como, quanto eu detesto aeroportos!
São tempos infinitos de espera, num nervosismo de atenção para cumprir com todos os preceitos.
Comigo, pessoalmente, as contrariedades iniciram-se depois de checkin, - retirei cinto, telemóvel, dinheiro, computador, óculos e relógio. Ainda assim, apitei. Fiz soar os alarmes e fui "radiografada", apalpada e revistada. Continuei apitando. Tirei os sapatos. Os sapatos foram radiografados. Por fim, fui liberada.

Procurei acomodação perto de um painel que olhei cada 5 minutos - a dizer a verdade mal tirei os olhos dele.


E que vi?


O terrível aviso - please wait!


Terrível e de má memória, porque da última vez que tal li, esperei 3 horas até receber a sentença:
- O voo foi cancelado!
Assim!
Foi muito complicado!
Foi no ano passado!
Regressei no dia seguinte, com um voo caríssimo.
O que vale é ter reclamado. Reclamado muitas, muitas vezes. Finalmente enviaram-me um cheque de 500€ como indemnização, o que deu para pagar as passagens que entretanto comprara.

Compreendem agora o motivo da minha preocupação ao ler "please wait"?
Felizmente tudo não passou disso mesmo. O voo realizou-se embora com 1 hora de atraso.

Estas as imagens do meu tédio e da minha preocupação:






Reafirmo:
-Não gosto de aeroportos, nem de aviões!
Só que, às vezes não há como evitá-los!

Beijo
Nina

31 comentários:

  1. É verdade Nina mas quando se gosta de viajar...há contratempos inevitáveis!!!
    Há já alguns anos que não viajo de avião!
    Preciso de ir à Suécia e à Madeira e ao Luxburgo para visitar gente que gosto muito ... mas não me apetece viajar para longe do nosso país!
    Ainda bem que recuperou o dinheiro!
    Numa ida à Tunísia uma amiga ficou sem as malas e fos e viemos e ela sem recuperar os seus pertences!
    Bj amigo

    ResponderEliminar
  2. OLÁ NINA, AINDA BEM QUE TUDO TERMINOU DA MELHOR MANEIRA,
    O LOCAL É LINDO, BJS E BOA SEMANA

    ResponderEliminar
  3. Que bom que os dias foram lindos na Inglaterra e aproveitaram bem! Muito lindo por lá! Quanto aos aeroportos e esperas, a angústia existe sempre! bjs, chica

    ResponderEliminar
  4. Com muita dor por tão grande tragedia ocurrida. O nosso coração está com Portugal. Forte abrazo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo apoio, Tânia. Estamos todos muito tristes. Beijo

      Eliminar
  5. Tirando a parte da viagem em si que é sempre uma seca, foi mesmo um excelente fim de semana! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  6. Olá Nina: não há melhor maneira de passar o fim de semana. O mês passado também estive com os meus filhos em Espanha. Ainda hoje o meu marido dizia que tinham sido das melhores férias de sempre. A parte chata é mesmo a dos aviões e quando há atrasos ainda é pior.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  7. Olá, Nina, há quanto tempo!
    Então, andava pela Inglaterra? Deve ser belíssimo! Os vilarejos certamente são mais encantadores e menos opressores que as cidades grandes, embora eu veja encanto em ambos.
    Sapato danadinho, que não a deixava passar pelo raio x!
    Com essa experiência desagradável que teve, é de se entender por quê não gosta de aviões! Abraços!

    ResponderEliminar
  8. Un viaje en buena compañía es siempre bueno para el alma.

    ResponderEliminar
  9. O tempo passa sempre mais rápido quando estamos com quem gostamos. Mesmo que não tenha saído muito, de certeza que aproveitou muito bem o tempo.
    A paisagem é bonita sim, com o verde da natureza em destaque.
    Gostei dos quadros do pub, achei muito pitoresco e interessante.
    Ainda bem que se resolveu tudo na viagem.
    Beijinhos e boa semana

    ResponderEliminar
  10. Também não gosto de aeroportos, Nina. Sempre fico apreensiva e só faço viagens curtas. Tenho medo de ter crise de ansiedade dentro de um avião fechado.
    Estamos em luto com o grande incêndio. Quando li a notícia pensei logo em você. Beijos

    ResponderEliminar
  11. Os jardins ingleses são os meus preferidos. Eu simplesmente os amo, são naturais, delicados, belos, aromáticos... e as casas também, muito graciosas. Uma atmosfera que muito me agrada.
    Agora aeroporto não me agrada. Mas, são necessários.
    Nina querida amiga, um beijinho e um forte abraço, para uma ótima e serena semana.

    ResponderEliminar
  12. Minha querida, feliz q tenha ido e voltado na paz. Uma feliz semana querida! Muito triste por mas esta tragédia em Portugal. Pobre povo, n merece estas barbaridades. Beijinhos!

    ResponderEliminar
  13. Visitar a família é sempre tão bom!
    Kis :=}

    ResponderEliminar
  14. Sem dúvida o melhor fim de semana possível. Estar com as nossas pessoas queridas é sempre o melhor.
    A paisagem é linda.
    Quanto à viagem é a parte menos boa.

    Beijinhos.


    ResponderEliminar
  15. O fim de semana parece ter sido óptimo!
    Também não gosto de aeroportos!
    É sempre chato quando acontece! Mas se se reclamar acaba por se receber o dinheiro! Mas é preciso insistir! Eu tive um voo cancelado uma vez que tive que enviar uns 10 e-mails, só quando passou para o advogado é que me pagaram todos os voos comprados para o dia seguinte. :S
    Um beijo

    ResponderEliminar
  16. Também prefiro cidades pequenas às capitais.
    Tiveste um magnífico fim de semana para matar saudades dos teus amores.

    Amei as fotos.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  17. Entre coisa boas e outras nem tanto...vamos ficar com o lindo lugar amei as fotos cantinhos lindos...passando pra dar um abraco virtual

    ResponderEliminar
  18. Olá Nina...que passeio lindo, acho que valeu a pena....bjs

    ResponderEliminar
  19. As imagens da sua estadia são lindas.
    Também detesto aeroporto, mas as vezes não tem jeito
    preciso embarcar.
    Boa semana.

    ResponderEliminar
  20. Você tem filhos que moram na Inglaterra?
    Que maravilha!
    Não conheço a Inglaterra.
    E "pelo andar da carruagem" não vou conhecer.

    Eu gosto de aeroporto porque me lembra que estou viajando saindo essa porcaria de país.
    Só uma vez que fiquei 10 h no aeroporto de Roma sem Internete, enlouqueci. Enlouquecemos (eu a Ana Maria do blog Treleledaana)

    ResponderEliminar
  21. Oi Nina... o local onde ficas por aí é muito lindo e ainda mais com as pessoas amadas... estamos de coração partido com as mortes em Portugal, que tristeza... um forte abraço!!!

    ResponderEliminar
  22. Mais uma vez compartilho de tudo... detesto aeroportos, aviões e afins, mas as vezes é necessário. E amo pequenas vilas cheias de estilo e personalidade!
    De qualquer forma ficam as boas lembranças, e as suas com certeza são ótimas!
    Bjo
    Denise

    ResponderEliminar
  23. Oi Nina!

    Fico com a primeira parte da postagem... Hehehe Lugar lindo! Também gosto de pequenos vilarejos com muita personalidade!

    Abraços, Iris

    ResponderEliminar
  24. Que bom, Nina! Estás consoladinha... e como sabe bem abraçar pessoas de quem tanto gostamos!
    Também estou de papinho (meio... ou um terço!!!) cheio!...
    Repito o que dizes: não gosto de aviões, mas não há como evitá-los!
    Quanto a aeroportos, gosto muito desse teu do Porto e, felizmente, nunca tive problemas de atrasos nem de bagagens.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  25. Boa noite Nina,
    Que delícia essa viagem para estar com seus amores.
    Gosto muito dessas construções inglesas que me parecem muito acolhedoras.
    Quanto aos aeroportos são muito desagradáveis essas situações, mas são regras. Pior quanto se extraviam bagagens e os voos cancelados como referiu.
    Só entre nós: não viajo de avião ;))!
    .....
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar
  26. Un viaje precioso y unas fotos muy bonitas.
    Besitos guapa

    ResponderEliminar
  27. Oi, Nina!

    Sem dúvida, as imagens do início da postagem são mais bonitas que as do final (a espera)... Hehehe
    Que lindo passeio!!

    Abraços, Cris

    ResponderEliminar
  28. Um lugar lindíssimo! E com o tempo bom... acredito que o tempo, deve ter mesmo sabido a pouco!
    E que bom que a viagem de regresso, não teve muitas contrariedades!
    Bjs
    Ana

    ResponderEliminar
  29. unfortunately i dont know whom this house is, but these pics are nice.

    bye.

    Jennifer
    http://jennifer-femininundmodisch.blogspot.de/2017/07/chic-auer-haus-schlangenhaut-snakeskin.html

    ResponderEliminar